ita eng fra bra deu

PELA TERCEIRA VEZ, LOLA EM ROMA NA PRAÇA SAN PIETRO

Itália – Setembro de 2006
 
Como há três anos, também em uma edição da peregrinação das motos que vieram de Ravenna  até a Città Del Vaticano, Lola estava com outros trezentos motociclistas.
 
Os "centauros", depois de terem percorrido mais de 350 km, entraram na Praça San Pietro, para manifestar contra todas as guerras, e, nesta ocasião, recolher fundos para organizações humanitárias.

A viagem de Lola ocorreu sem nenhum problema: é sempre uma grande emoção entrar em um lugar cheio de significado, de moto e estacionar embaixo ao Colonnato Del Bernini!
 
A PARTIDA
 
Como nas edições passadas, partimos para Roma, sábado à tarde, e fizemos uma parada em Città di Castello  , próximo ao Hotel Garden sendo que no domingo de manhã estava previsto o encontro com o cortejo de motociclistas (que saíram de Ravenna às 6 horas da manhã...muito cedo e muito frio para Lola), diretamente pela E 45, próximo a Orte
 
Lola já é uma veterana da manifestação e, este ano, a verdadeira "estrela" "selecionou" os momentos que valiam à pena: por toda a viagem de ida (e também durante as pausas) foi acondicionada dentro da sua bolsa e não foi possível para ninguém, nem mesmo para nós, vê-la sentada com o focinho para fora.
 
Muitos ficaram desiludidos: Lola não queria conceder uma foto para lembrança!
 
A ENTRADA EM ROMA.... LOLA BOCEJA!
 
Depois, no centro de Roma  de frente ao Foro Italico, quando era guiada pelo grupo de moto ao lado dos carros da polícia Rodoviária e da Polícia Municipal de Roma (que paravam o tráfego nos cruzamentos e nos semáforos),  Lola saiu e olhou em volta (parecia que queria dizer "chegamos?"), deu uma longa bocejada e, na entrada da Praça San Pietro, ficou sentada com o focinho pra fora.

Chegando ao longo Viale della Conciliazione, Lola "deliciou" os olhos de muitos turistas: sentada, esticou com o focinho, primeiro para a direita e depois para a esquerda, como uma espécie de dança. Um verdadeiro espetáculo!
 
Uma coisa que jamais vimos: também os policiais da escolta não acreditavam em seus olhos! Naquele momento, tivemos a confirmação de que Lola sabe "ser Lola"!!
 
Uma vez na Praça San Pietro  Lola não queria descer da moto (ficou no estacionamento à sombra do Colonnato): ficou ao menos 10 minutos dentro da bolsa (sem os óculos e sem o capacete), parada, sentada com o semblante de "ausente" (mas orgulhoso!) na direção do chafariz central e San Pietro; parecia viver o momento (não tinha compreendido nas edições passadas!)....e fez pose para as fotos!
 
"A DOCE VIDA"
 
Sozinha e sem ter recebido uma olhada de ninguém, ela decidiu descer da moto... E voltou a ser a Lola de sempre: queria até mesmo tomar um banho no chafariz da Praça e com a autorização de um funcionário da segurança, banhou as patas e a barriga, andando um pouco dentro do chafariz.
 
Parecia que estávamos assistindo uma cena de "La Dolce Vita" de Fellini! Efetivamente, Lola também é loira! 

LOLA DORME
 
A viagem de volta, por causa do calor, foi um pouco cansativa e decidimos parar a noite, sempre em Città di Castello: Lola também ficou muito contente com a decisão!
 
Às 21 horas, ela já dormia profundamente: não antes de jantar uma bela porção de cenouras ao vapor. Um dia para recordar!
 

 
 
  web design Elevel